ManchetePolítica

Lira reúne líderes para discutir emendas, PF e reoneração

O presidente da Câmara, Arthur Lira, vai se reunir com líderes partidários na segunda-feira para discutir temas que geram conflito entre os poderes. Entre eles, estão os bloqueios do governo às emendas parlamentares, as operações da PF contra congressistas autorizadas pelo STF e a medida provisória da reoneração.

As emendas parlamentares são recursos que os deputados e senadores destinam a obras em suas bases eleitorais. O governo reduziu o valor das emendas de comissão, que são indicadas pelas comissões do Congresso, de R$ 53 bilhões para R$ 11 bilhões, provocando a insatisfação dos parlamentares. O presidente Lula disse que vai explicar o motivo do veto.

A oposição também reclama da interferência do Judiciário no Legislativo, após a PF realizar buscas nos gabinetes de dois deputados do PL, Carlos Jordy e Alexandre Ramagem, por suspeitas de envolvimento em atos antidemocráticos e espionagem. Os parlamentares querem uma resposta institucional de Lira e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e propõem uma emenda à Constituição para limitar a atuação da PF no Congresso.

A medida provisória da reoneração é outra fonte de tensão entre os poderes. Ela aumenta a carga tributária sobre alguns setores da economia, como a indústria e o comércio, para compensar a perda de arrecadação com a desoneração da folha de pagamento. O governo defende a medida como necessária para equilibrar as contas públicas, mas os parlamentares temem o impacto negativo sobre o emprego e a produção.


Fonte:G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *